Muitos criaram blogs depois desse blog que ja está com 3.000 visitas de páginas! Mas o porque dele mesmo? antes tinha colocado que era para expor minhas insanidades e para desabafar, serviu e ainda servira para essa finalidade, mas creio eu que ele seja mais que isso, mostrou muitas coisas e acho que muitos gostaram, então o porque dele? Não sei. Só sei que nem tudo que eu escrevo é verdade, nem toda verdade eu escrevo. Mas tudo que digo é verdade e se digo alguma mentira meus olhos me traem!

Olha a hora...

domingo, agosto 15, 2010

Chico Xavier...

Bem meus amigos, nesta postagem vou falar um pouco sobre o Filme Chico Xavier, bem, como muitos sabem , sou amante de filmes, vejo de tudo, sempre tem algo para ser agregado. Ontem tirei parte da minha tarde para vê o filme sobre a vida de Francisco de Paula Cândido Xavier, ou simplesmente Chico Xavier. Considerado por muitos guia espiritual do Brasil, Chico Xavier nasceu em Pedro Leopoldo em 1910, aos 4 anos de idade já manifestava sua mediunidade, aos 5 anos perde sua mãe e devido ao grande número de irmãos que tinha, e seu pai não tinha como cuidar dos 9 filhos, sendo assim os distribuiu entre os parentes, Chico foi morar com sua madrinha, uma pessoa cruel, que o vestia de menina, lhe aplicava castigos físicos e psicológicos dentre eles cravava garfos de cozinha em sua barriga sobre o pretexto de que ele tinha o "diabo no corpo" e faze-lo lamber a ferida na perna de um filho adotivo seu. 


Desde os cinco anos de idade Chico já comunicava com o espírito de sua mãe, sendo esses os unicos momentos de paz que tinha enquanto vivia com sua madrinha, em seus contatos com sua mãe ela o recomendava  a ter paciência, resignação e fé em Jesus. 
Aos sete anos de idade seu Pai casa novamente, e sua esposa exige que todos os nove filhos voltassem a viver com o pai, nesse período o espírito de sua mãe parou de manifestar-se. Nessa época ele é matriculado na escola, onde continua a escutar os espíritos, sendo motivo de chacota dos colegas. Chico Xavier começou a trabalhar desde muito novo, mais tarde ingressa no serviço público federal, e mesmo com as atividades no Centro Espírita, Chico Xavier nunca faltou um dia de serviço. No filme temos cenas tensas como por exemplo quando sua irmã é possuída por algum espírito do mal e Chico conversa com tal entidade fazendo com que ela se afaste de sua irmã, temos também cenas engraçadas, quando Chico e sua "auxiliar" estão em uma viajem de avião, e o mesmo começa a passar por turbulências, causando pavor em todos, e Chico começa a gritar e pedir socorro a Deus, nisso seu guia espiritual Emmanuel aparece e eles travam um diálogo cômico!

Olhando a vida e obra de Chico Xavier (tendo em vista que ele "escreveu", escreveu entre aspas mesmo, pois Chico, nunca assumiu a autoria de nenhum dos 451 livros que psicografou, pois dizia que somente transcreveu o que os espíritos lhes diziam), temos um exemplo de amor, caridade e retidão, todo o dinheiro dos direitos autorais dos seus livros foram doados, só recebia aquilo que lhe era essencial para sobreviver. Fazendo um paralelo com a "Lei da palmada", lei essa que proíbe os pais de educarem seus filhos, de darem aquelas palmadas corretivas, é o Estado intervindo na vida das pessoas, vejo essa Lei como absurda e sem cabimento, pois fazendo o paralelo dessa Lei com a vida de Chico Xavier, vemos que o mesmo é um exemplo de amor, mesmo tendo passado pelos mais diversos tipos de humilhações, castigos físicos e psicológicos, tanto em sua infância como em sua vida adulta sendo tachado de impostor, oportunista ele dizia:
"Fico triste quando alguém me ofende, mas com certeza eu ficaria mais triste se fosse eu o ofensor... Magoar alguém é terrível!", sendo "expulso" da casa de seu pai pelo seus irmãos pois os mesmos já não aceitavam a vida de dedicação de Chico, não aceitavam mais tanta gente procurando ajuda, mesmo assim ele levou sua vida adiante dizendo: "A desilusão de agora, será a benção depois", com isso ele não desenvolveu nenhum trauma, não se revoltou com a vida e com o mundo, se mudou para Uberaba, levando uma vida simples, de dedicação ao Espiritismo e ao seu semelhante, uma vida de caridade e: "Agradeço todas as dificuldades que enfrentei, não fosse por elas eu não teria saido do lugar. As facilidades nos impede de caminhar. Mesmo as críticas nos auxiliam muito" .

Chico Xavier um exemplo a ser seguido, se todos nos tentassemos ser pelo menos 10% do que ele foi com certeza teriamos um mundo melhor, aprendamos a viver em comunidade, em aceitar as diferenças, a amar o nosso próximo. Fica a dica do filme Chico Xavier, finalizo com uma frase do mesmo:

"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora a escrever um novo fim".

Nenhum comentário: