Muitos criaram blogs depois desse blog que ja está com 3.000 visitas de páginas! Mas o porque dele mesmo? antes tinha colocado que era para expor minhas insanidades e para desabafar, serviu e ainda servira para essa finalidade, mas creio eu que ele seja mais que isso, mostrou muitas coisas e acho que muitos gostaram, então o porque dele? Não sei. Só sei que nem tudo que eu escrevo é verdade, nem toda verdade eu escrevo. Mas tudo que digo é verdade e se digo alguma mentira meus olhos me traem!

Olha a hora...

quinta-feira, março 03, 2011

Perdão

Há tempos que queria escrever algo sobre o tema, lendo o livro Nosso Lar - Francisco Cândido Xavier (por André Luiz), vários questionamentos veiram a mente, o que seria perdão ou melhor o ato de se perdoar alguém?
Em minha pequenez penso que podemos perdoar alguém a partir do momento em que nos perdoamos, isso o ato de perdoar realmente, não o perdão da boca pra fora, porque digo isso? pois no momento em que entramos em conflito com alguém ou quando fazemos e recebemos algo que possa ter machucado outrem e nos machucado, nossa alma e espírito ficam feridos pois quando tal ato acontece com alguém querido e/ou que amamos nos machucamos pois quanto um ente querido é ferido nos também nos ferimos e em maior escala quando somos fator determinante em tal ação.
Então digo-vos que o ato de perdoar é antes de tudo um ato de perdão interior, quando nos perdoamos por algum erro ou quando nos perdoamos por ter entrado em conflito com um ente querido poderemos perdoar alguém, pois estaremos assim com uma maior paz interior, e quando somos pessoas melhores com a gente mesmo, quando nos amamos em primeiro lugar é que poderemos amar e perdoar alguém.

"Perdoar verbalmente é questão de palavras, mas aquele que perdoa realmente, precisa mover e remover pesados fardos de outras eras, dentro de si mesmo." (André Luiz)

Nenhum comentário: